Arquivos por ms:

Acordo – negociação entre patrão e empregado

0

As leis numa sociedade (onde a relação é de exploração de uma classe sobre outra) é sempre para reforçar a dominação da burguesia (patrões) sobre os trabalhadores. No caso das relações de trabalho, os acordos – o negociado valer mais do que o legislado (lei) – dá uma segurança jurídica para os patrões. Por isso é sempre bom repetir o que diz a letra da música da Internacional Socialista: “O rico a lei o protege”. Com a reforma das leis trabalhistas aprovadas pelo Congresso e sancionadas pelo Executivo – dominado…Ler mais

Saiba o porquê da elite “defender” a geração de empregos

0

Não é nenhuma surpresa ouvir nos discursos de políticos, que representam os interesses das elites (empresários e banqueiros) e associações de patrões, defendendo a geração de emprego. Mas não são eles que reclamam da alta carga tributária sobre a contratação no Brasil? Isso não seria contraditório se as tecnologias aplicadas à produção – que estão aí – substituíssem o que eles dizem considerar de pouca valia, a mão-de-obra? O atual mandatário Michel Temer, re-eleito na chapa PT-PMDB em 2014, vem pondo em prática, projetos de reformas (trabalhistas e previdenciárias), já…Ler mais

Você sabe o quanto paga para trabalhar?

0

Como assim, eu recebo para trabalhar?! É nisso que acredita a maioria dos trabalhadores, convencidos de que o trabalho assalariado é uma forma justa de remuneração. Seja nas melhores condições ou submetidos à precarização das condições de trabalho, como: assédio moral, jornadas excessivas, obrigatoriedade de horas extras, o salário recebido pelo trabalho realizado e pago ao final da jornada (diária, semanal, quinzenal ou mensal) pelos proprietários dos meios de produção que o sistema capitalista criou e, seja qual for o maior salário, nunca será o justo. Nesse texto tentaremos demonstrar…Ler mais