Medalhistas da OBMEP são homenageados

0

A premiação aos alunos da Regional Maranhão II – que compreendem mais de 60 municípios da região sul do estado – ganhadores de medalhas e menções honrosas pelo seu desenvolvimento na XI Olimpíada Brasileira de Matemáticas das Escolas Públicas – OBMEP realizada em 2015.

A solenidade de entrega da premiação foi realizada no Instituto de Educação Tecnológica do Maranhão-IFMA, na cidade de Açailândia nesta sexta-feira (24). A cerimônia contou com diretoras e professores de cidades como: Grajaú, Imperatriz, Senador La Roque, Barra do Corda entre outras.

Um dos medalhistas foram Mateus Sousa e a estudante, Thamires Galeno, de 15 anos, medalhista de bronze, ambos da mesma escola que é da rede municipal de ensino de Imperatriz. Assista o momento do recebimento da medalha.

A escola na qual estuda Thamires Galeno e outras três irmãs suas recebeu um troféu em reconhecimento pela dedicação de todos os profissionais em incentivar seus alunos nos estudos da matemática e na participação de competições que privilegiam o conhecimento. A escola foi representada pela diretora Rosélia Bezerra, e os professores da disciplina de matemática João e Keila. 

Entra de medalhas de prata e bronze obmep Medalhistas da OBMEP são homenageados WhatsApp Image 20160626
Entrega de Troféu e medalhas de medalhas de bronze à Escola Municipal João Silva de Imperatriz-MA

Nesse ano já ocorreram a primeira fase da OBMEP 2015 em todos os municípios, e os melhores nessa fase seguirão para a segunda que deve acontecer no segundo semestre de 2016.

Também para essa fase já se saber que sua irmã, Rayara Galeno de 14 anos fará a segunda fase e desde já promete se igualar a irmã conquistando também uma medalha.

Sou apenas um trabalhador assalariado, casado com a companheira Irisnete Geleno, pai de quatro filhas(Ariany, Thamyres, Lailla e Rayara), morador da periferia (Boca da Mata-Imperatriz), militante partidário (PSTU) que assumiu algumas tarefas eleitorais como candidato (2006, 2008, 2010 e 2012) e que luta por uma sociedade COMUNISTA. Sempre fui e continuarei sendo a mesma pessoa de caráter que meus pais, minha escola, meus amigos ajudam a forjar. Um comunista escravo do modo de produção capitalista que não aceita a conciliação de classe defendida por muitos que se dizem de "esquerda", mas que na verdade são pequeno-burgueses que esperam sua chance no capitalismo.

Deixe seu comentário