Meu voto classista

0

bandeira_pcb voto classista Meu voto classista bandeira pcbO voto mais útil é o voto dado para os partidos da minha classe, por isso voto nas eleições de 2016 no PCB.

É preciso iniciar pontuando que o processo de representação burguesa não pode ser o único campo de luta, nem o mais importante para os socialistas. Isso não quer dizer que não precisamos disputar a consciências de nossa classe frente a farsa que é os processos eleitorais montados para manter no poder os grandes grupos econômicos que financiam seus principais candidatos com o intuito de manter representantes autênticos da classe trabalhadora de fora dos espaços de poder, mesmo sendo minoria.

Por isso, a esquerda revolucionária disputa cargos eletivos, contra a hegemonia ideológica, política e econômica dos ricos. Quarenta e cinco dias de campanha, nove segundos de tempo de TV disponibilizados aos candidatos dos trabalhadores demonstram essa farsa, mas enquanto o objetivo dos ricos não se efetiva – o de eliminar a concorrência dos votos, mesmo que seja mínima – precisamos ter partidos de esquerda se apresentando nesse processo.

Votaremos no Partido Comunista Brasileiro-PCB, no entanto, precisamos pontuar o que consideramos um erro tático dessa organização ao compor o bloco “Frente Povo Sem Medo”, nele estão os que defendem a volta do governo PTista/Dilma Rousseff que vem nos últimos anos aliado com a política neoliberal e os partidos de direita como o PMDB, que ataca a classe trabalhadora; também compõem esse bloco: partidos e sindicatos atrelados às estruturas burocratizadas e institucionalizadas que tiram do povo seu poder político. Paciência revolucionária é do que precisamos para esperar que o PCB reconheça o seu erro. Defendermos o #ForaTemer, #ForaTodosEles, eleições gerais já sob novas regras.

Nesse momento de disputas com a burguesia em seu campo – as eleições – declaramos nosso voto classista, voto na classe trabalhadora, que apresentará nessas eleições o que defendemos, eles com a ideia de “Poder Popular” nós com a “Imperatriz para os Trabalhadores”, frases distintas para a mesma convicção, a de que o povo precisa estar no poder político de sua cidade para que as ações de saúde, educação, infraestrutura, lazer, cultura etc. sejam atendidas.

Desta feita, direcionamos nossos filiados, simpatizantes e amigos a votarem nos candidatos do PCB de Imperatriz para os cargos em disputa e reforçar que o voto útil é aquele que fortalece a classe trabalhadora frente à burguesia capitalista, homofóbica, machista que ocupam os espaços de representação dos interesses de sua própria classe, e precisamos reverter essa realidade, sem nos afastarmos da clareza que só a luta muda a vida.

Para uma Imperatriz para os Trabalhadores, com poder popular, votemos no PCB 21!

Sou apenas um trabalhador assalariado, casado com a companheira Irisnete Geleno, pai de quatro filhas(Ariany, Thamyres, Lailla e Rayara), morador da periferia (Boca da Mata-Imperatriz), militante partidário (PSTU) que assumiu algumas tarefas eleitorais como candidato (2006, 2008, 2010 e 2012) e que luta por uma sociedade COMUNISTA. Sempre fui e continuarei sendo a mesma pessoa de caráter que meus pais, minha escola, meus amigos ajudam a forjar. Um comunista escravo do modo de produção capitalista que não aceita a conciliação de classe defendida por muitos que se dizem de "esquerda", mas que na verdade são pequeno-burgueses que esperam sua chance no capitalismo.

Deixe seu comentário