Por que os parlamentares do PSTU não abandonam a luta? veja resposta

0

Desde que assumiu o mandato em 2013, Amanda Gurgel/PSTU nunca recebeu a remuneração integral de vereadora em Natal, que hoje é de R$ 17 mil. Amanda continua recebendo o mesmo salário equivalente ao de professora das redes municipal e estadual de ensino, no valor de R$ 3.680. O restante é doado para apoiar as lutas dos trabalhadores e movimentos sociais no Brasil e no RN.

Vereadora Amanda Gurgel empunhando um cartaz que diz que um político deve ganhar igual a qualquer profissional.

Amanda Gurgel, vereadora de Natal/PSTU

Amanda Gurgel_PSTU-min os parlamentares do pstu não abandonam a luta veja resposta Por que os parlamentares do PSTU não abandonam a luta? veja resposta Amanda Gurgel PSTU minAtualmente, o salário de um vereador em Natal é de R$ 17 mil, muito acima da média salarial de um trabalhador comum ou dos professores brasileiros com mais de um vínculo, por exemplo. Porém, desde que assumiu o mandato em 2013, Amanda Gurgel nunca recebeu a remuneração integral de vereadora. A parlamentar socialista continua recebendo o mesmo salário equivalente ao de professora das redes municipal e estadual de ensino, no valor de R$ 3.680. O restante é usado para apoiar as lutas dos trabalhadores e movimentos sociais no Brasil e no RN. “Não fui eleita para ter privilégios. Continuo vivendo como uma professora, não mudei de vida, não me adaptei aos privilégios dos políticos.”, explica Amanda.

O mandato da vereadora é parte da luta para mudar o País e é guiado pelos princípios que o PSTU defende para a sociedade socialista. Para o partido, os altos salários dos políticos no Brasil são uma das portas de entrada para a corrupção. Quando um trabalhador comum é eleito, ele passa a ganhar fortunas que também servem para corrompê-lo. “Não estou na Câmara Municipal para enriquecer. Atividade política não pode ser um trampolim pra subir na vida. Em todo o país, são absurdos os salários dos políticos, completamente fora da realidade dos trabalhadores.”, critica a vereadora do PSTU, que em 2013 defendeu um projeto para revogar o aumento de salário que os próprios vereadores aprovaram em 2012, de R$ 15.030 para R$ 17 mil. “A maioria dos vereadores achava pouco os R$ 15 mil e manteve o aumento. Uma vergonha.”.

Confira AQUI vídeo sobre a votação.

Para combater os privilégios dos políticos, a vereadora Amanda Gurgel apresentará, ainda esse ano, um projeto que iguala os salários dos vereadores, secretários e do prefeito ao salário médio dos professores da rede pública de Natal.

Abaixo, veja quanto a vereadora recebe de salário.

Ano 2013 | Salário bruto = R$ 15.030 | Salário recebido = R$ 3.195

Ano 2014 | Salário bruto = R$ 15.030 | Salário recebido = R$ 3.460

Ano 2015 | Salário = R$ 17.000 | Salário recebido = R$ 3.680

Fonte: Portal de Amanda Gurgel

Sou apenas um trabalhador assalariado, casado com a companheira Irisnete Geleno, pai de quatro filhas(Ariany, Thamyres, Lailla e Rayara), morador da periferia (Boca da Mata-Imperatriz), militante partidário (PSTU) que assumiu algumas tarefas eleitorais como candidato (2006, 2008, 2010 e 2012) e que luta por uma sociedade COMUNISTA. Sempre fui e continuarei sendo a mesma pessoa de caráter que meus pais, minha escola, meus amigos ajudam a forjar. Um comunista escravo do modo de produção capitalista que não aceita a conciliação de classe defendida por muitos que se dizem de "esquerda", mas que na verdade são pequeno-burgueses que esperam sua chance no capitalismo.

Deixe seu comentário