Sugestão de leitura: conheça Trotsky

0

Leon-Trotsky leon trotsky Sugestão de leitura: conheça Trotsky Leon TrotskyEm 2011 durante o processo de discussão para conhecer a estrutura partidária do PSTU o camarada Marcos Silva me emprestou o livro Conheça Trotsky (1980) impresso pela Editora Proposta, um livro cheio de ilustrações, escrito por Tariq Ali (escritor e cineasta paquistanês. Ele já escreveu mais de duas dezenas de livros sobre a história do mundo e da política, e sete romances (traduzidos em mais de uma dúzia de idiomas. Atualmente é editor no New Left Review e vive em Londres.)  Phil Evans (cartunista).

O livro tem a proposta não só de ser uma biografia de Leon Trotsky, mas através dela contar o próprio processo da Revolução Russa e as principais discussões entre os protagonistas de uma das maiores revoluções operárias do século XX.

Na ocasião do empréstimo do livro acabei fazendo uma cópia para mim, e agora gostaria de disponibilizar a todos que queiram também conhecer um pouco do revolucionário Leon Trotsky e da Revolução Russa que ocorreu em 1917. Segue o link para baixar o livro em PDF, vale lembrar que exemplares são facilmente encontrados “novos” e usados em sebos na região sudeste e sul do país.

LIVRO CONHEÇA TROTSKY

SITE DE TARIQ ALI 

O Vídeo abaixo também é uma ótima contribuição para entender a discussão de estrutura partidária que se travava no interior dos dirigentes da Revolução Russa.

Sou apenas um trabalhador assalariado, casado com a companheira Irisnete Geleno, pai de quatro filhas(Ariany, Thamyres, Lailla e Rayara), morador da periferia (Boca da Mata-Imperatriz), militante partidário (PSTU) que assumiu algumas tarefas eleitorais como candidato (2006, 2008, 2010 e 2012) e que luta por uma sociedade COMUNISTA. Sempre fui e continuarei sendo a mesma pessoa de caráter que meus pais, minha escola, meus amigos ajudam a forjar. Um comunista escravo do modo de produção capitalista que não aceita a conciliação de classe defendida por muitos que se dizem de "esquerda", mas que na verdade são pequeno-burgueses que esperam sua chance no capitalismo.

Deixe seu comentário