O desencantamento dos blogueiros

0

blogueiros blogueiros O desencantamento dos blogueiros blogueirosComo um modismo que passa, a manutenção de blogs de opiniões que teve seu auge em 2011 – chegando ao ponto de ocorrer encontros de blogueiros -, parece não atrair mais interesse de seus proprietários. Chegou o período de desencantamento dos blogueiros?

 

As finalidades para a criação e manutenção desse canal na internet eram dos mais diversos, seja para denunciar as mazelas sociais, seja para “atacar” – e quem sabe lucrar com isso – pessoas públicas que de preferência estejam no poder, ou simplesmente para promoção pessoal em um período pré-eleitoral, ou ainda àqueles que tentaram se profissionalizar mantendo na mídia virtual outros com as pretensões citadas.

 

O fato é que muitos desses objetivos são voláteis, não se sustentam por muito tempo. Ora, um mandato ou um cargo comissionado só dura quatro anos. Dos mais de 100 blogs listados no blog www.blogsimperatriz.blogspot.com cerca de 70% deles estão desatualizados a mais de um ano ou foram desativados, sendo poucos que mantém uma certa regularidade de postagens, mas entre estes ainda é menor o número que têm uma produção de conteúdo próprio, a grande maioria replicam postagens já replicadas por outros, principalmente a rede ligada aos grupos políticos no poder.

 

Percebemos um novo perfil de blogueiros, que antes era os interessados em fazer debate de ideias, hoje a nova leva de blogs tem a única finalidade de retratar o cotidiano da cidade com postagens de acidentes, mortes, ruas esburacadas sem esquecer-se do “jabá” que conseguem caso tenha um bom número de visitantes e uma boa circulação no meio comercial da cidade. Concorrendo com outros veículos de comunicação tradicionais (TV e rádio), com transmissão de informação mais ágil, graças às tecnologias dos celulares, que são na verdade mini-computadores, é possível postar uma foto e um pequeno texto direto do local e na hora em que se está coletando informações.

 

Ter e se manter numa linha de debate (ideológico, econômico e social) para quem procura estar sempre na busca de uma vantagem pra si é muito difícil, ainda mais nessa situação onde os interesses econômicos mudam muito facilmente de um blog para outro e, pra quem pretende viver economicamente dele essa insegurança é um complicador que leva muitos blogueiros a se cansarem dessa gangorra.

 

Claro que, como modismo, ele pode ressurgir a qualquer momento, não mas com a concorrência por visitas, mas como uma instrumento articulado e barato com pretensões não muito democráticas ou pouco informativas. Na verdade os blogs podem ser um instrumento bastante útil para os fins poucos informativos de quem tem interesse em mantê-los.

Sou apenas um trabalhador assalariado, casado com a companheira Irisnete Geleno, pai de quatro filhas(Ariany, Thamyres, Lailla e Rayara), morador da periferia (Boca da Mata-Imperatriz), militante partidário (PSTU) que assumiu algumas tarefas eleitorais como candidato (2006, 2008, 2010 e 2012) e que luta por uma sociedade COMUNISTA. Sempre fui e continuarei sendo a mesma pessoa de caráter que meus pais, minha escola, meus amigos ajudam a forjar. Um comunista escravo do modo de produção capitalista que não aceita a conciliação de classe defendida por muitos que se dizem de "esquerda", mas que na verdade são pequeno-burgueses que esperam sua chance no capitalismo.

Deixe seu comentário