Novos garotos-propaganda do PSDB de Imperatriz

0

Com a aprovação pela Câmara Municipal de Imperatriz da criação de novas secretarias o governo Madeira/PSDB terá a ajuda de nada menos que 14 “escudeiros/as” (Administração e Modernização, Agricultura, Abastecimento e Produção, Comunicação, Cultura, Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Social; Educação, Esporte e Lazer; Juventude, Governo, Infraestrutura, Transporte e Serviços Públicos, Mulher, Planejamento Urbano e Meio Ambiente; Receita Municipal e Saúde) ou seria garotos-propagandas do PSDB de Imperatriz?  Só a folha de pagamento dos secretários custará aos cofres do município R$126.000,00 (cento e vinte e seis mil reais), pois o valor dos vencimentos por secretário é de R$9.000,00, sem contar com vencimentos dos adjuntos, pagamento com assessores, aluguel de prédios, e outros gastos facilmente “justificáveis” em prol do funcionamento da prefeitura (ou seria da defesa do gestor?). Fazendo uma comparação simples do que poderia representar este valor no atendimento direto à população:

– Contratação de 118 agentes comunitários de saúde com salário mínimo (somados além do salário estão os custo de INSS, FGTS e outros direitos trabalhistas);

– Compra de 63 computadores a serem distribuídos mensalmente às escolas municipais, no valor estimado de R$2,000,00 cada;

– Compra de 420 milheiros de tijolos a serem doados à trabalhadores para a construção de sua casa própria, milheiro estimado em R$300,00;

– Compra de 5 carros populares no valor estimado de R$25.000,00; etc.

Mas tudo isso não importa, pois o governo tucano de Imperatriz tem que garantir o leite das “criancinhas” de seus secretários. E ainda dizem que Imperatriz não tem dinheiro!

Sou apenas um trabalhador assalariado, casado com a companheira Irisnete Geleno, pai de quatro filhas(Ariany, Thamyres, Lailla e Rayara), morador da periferia (Boca da Mata-Imperatriz), militante partidário (PSTU) que assumiu algumas tarefas eleitorais como candidato (2006, 2008, 2010 e 2012) e que luta por uma sociedade COMUNISTA. Sempre fui e continuarei sendo a mesma pessoa de caráter que meus pais, minha escola, meus amigos ajudam a forjar. Um comunista escravo do modo de produção capitalista que não aceita a conciliação de classe defendida por muitos que se dizem de "esquerda", mas que na verdade são pequeno-burgueses que esperam sua chance no capitalismo.

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: