Arquivos por ms:

Sobre convicções e pensamentos pequeno burgueses

0

ENTRE CONVICÇÕES, O QUE PROVAM OS ATAQUES DO PENSAMENTO PEQUENO BURGUÊS AO PSTU? Rosenverck E. Santos* É notório que o pensamento da maior parte da intelectualidade brasileira – de esquerda ou de direita – tem suas bases na eurocentricidade, no mito da democracia racial e na ideologia do embranquecimento. Isso tem como resultante o ocultamento do protagonismo negro, feminino e operário da história das lutas sociais no Brasil. Esse pensamento só consegue enxergar, via de regra, uma massa manipulada pelas ideias da classe dominante, esta sim protagonista junto com uma…Ler mais

Os sujos e os mal lavados nas eleições de 2016

0

Nessa reta final das eleições burguesas em Imperatriz – onde só os ricos têm vez – a tônica dos debates entre os principais candidatos das elites são seus vínculos com o que representava de mais nefasto na política maranhense, a oligarquia Sarney, que tinha nos municípios seus tentáculos. Os sujos falando dos mal lavados. Na dinâmica de conquistar o voto dos eleitores está a demonstração do “atraso”, do vínculo com as figuras do clã Sarney e, correndo por fora, o que representa o continuísmo da gestão que beneficiou nesses oito…Ler mais

OS BESTIALIZADOS NÃO PASSARAM POR AQUI: algumas reflexões sobre golpismo, onda conservadora e racismo teórico.*

0

“Cê conhece a história daquele aluno problemático/ cujos heróis viraram vultos negros nos livros didáticos” (Herói de preto é preto, Gíria Vermelha.) A massa proletarizada faz história nas ruas das periferias, nas fábricas, nas conduções lotadas, nas ocupações, nos canaviais, nas escolas sem estrutura, em um monte lugares e territórios, porém, não costumam anotar seus feitos históricos. Essa tarefa caberia aos intelectuais, as organizações políticas e seus dirigentes e, passado algum tempo, aos historiadores. No entanto, devido à péssima relação que os analisadores da história estabelecem com os fazedores de…Ler mais

Meu voto classista

0

O voto mais útil é o voto dado para os partidos da minha classe, por isso voto nas eleições de 2016 no PCB. É preciso iniciar pontuando que o processo de representação burguesa não pode ser o único campo de luta, nem o mais importante para os socialistas. Isso não quer dizer que não precisamos disputar a consciências de nossa classe frente a farsa que é os processos eleitorais montados para manter no poder os grandes grupos econômicos que financiam seus principais candidatos com o intuito de manter representantes autênticos…Ler mais

Maranhenses nas disputas eleitorais pelo Brasil

0

O Maranhão sempre foi conhecido como um estado exportador de mão de obra para outros estados da federação, até em trabalhos análogos à escravidão. Nessas eleições os maranhenses têm uma grande tarefa em vários estados brasileiros, primeiro o de representar a classe trabalhadora e denunciar a farsa da democracia burguesa nos processos de escolha de representatividade nas esferas de poder político. Segundo usar os espaços – restrito para a classe trabalhadora – a fim de buscar a unidade para a luta contra os partidos dos ricos e seus esquemas de…Ler mais